Descobri a parentalidade consciente alguns dias depois de sair da maternidade, não foi a minha primeira escolha, mas é a “metodologia” que nos acompanha desde então.

O Raphael nasceu com o sol de um dia quente de Maio de 2017, com ele trouxe luz e um amor incomensurável. No dia anterior carreguei para a maternidade, além do barrigão, uma biblioteca de ideias pré-concebidas, muito bem organizadas e armazenadas. Tinha em mim todas as certezas do mundo. Sabia que mãe ia ser, que filho ia ter, que atividades ia praticar…

Estava preparada, nada ia falhar…

F A L H A R era o meu maior receio, não de criar, mas de educar, contudo não ia acontecer, EU estava preparada! Afinal tinha o plano desenhado, já sabia tudo o que devia saber, tinha adiado a maternidade para depois dos 30 anos, acreditava nessa altura, a maturidade já estar num nível que permitia tal responsabilidade. Tinha casa, infantários, escolas e secundário à porta. Estava num trabalho estável, não daqueles que nos apaixonam, mas dos que nos dão a garantia de receber no último dia útil o mês.

Tudo corria como planeado e até o Raphael colaborava, decidindo nascer na data prevista para o seu nascimento. Estava feliz, o parto tinha sido maravilhoso e a recuperação, bem, qual recuperação? Poucas horas depois sentia-me no auge das minhas capacidades, mérito da equipa que nos acompanhou, claro. O Flávio, pai do Raphael ficou internado connosco e ajudava sempre que necessário. Sentia-me bem acompanhada, todos à nossa volta mostravam cuidado e simpatia para com aqueles recém papás.

Será que correu tudo como a Marlene previa? Não pode perder a continuação desta partilha do coração na próxima semana!

 

Por Marlene Fernandes| Uma mãe que não é só mãe, mas é mãe o tempo todo! Ser mãe de um Ser Livre, tem trazido bons desafios e os maiores e mais doces sorrisos. Não foi a maternidade que lhe ensinou o prazer da escrita, mas foi quem lho devolveu. Escrever é a sua forma de imortalizar sentimentos e emoções. Viver a maternidade de coração aberto e olhar consciente, é a sua forma de imortalizar vida! Para acompanhar mais aventuras desta mãe: https://www.facebook.com/parentalidade.olharconsciente/